quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Vivendo a Amizade... Translations: Living Friendship... Amistad Vivir...

Oi Amiga, Oi Amigo,

Eu tive uma experiência que me fez acreditar ainda mais na Força da Amizade! Eu fui a uma cidade no interior de São Paulo, no Brasil. Revi algumas amigas, conheci outras novas amigas e além da alegria de conviver com elas entendi que este tipo de contato nos faz muito bem!

Hoje me chegou um email da Espanha me falando que tinha pouca vontade de sair de sua casa, de passear. Lembrar que nesta época é verão lá o que incentiva este sair de casa, mas a pessoa tem de querer fazer isso!

Ter amigos nos incentiva a estas ações! Desejo a você que se lembre dos seus amigos ou faça novos amigos! Depende de você querer!

Recebi também um email de um país da Ásia. Este email volta novamente a tratar do tema da Amizade, pois a pessoa fala que se sente sozinha, na China. Isso é possível em um país tão populoso?

A pessoa fica sozinha na multidão! Mais do que pensar na dificuldade é que esse sentimento é triste para a pessoa e torna o mundo também triste. Nós temos que vencer esses sentimentos.

Coloco abaixo um texto que eu escrevi no meu livro Projetando...


Vivendo a Amizade

Uma estória de ficção científica tem um momento interessante para relatar aqui. Uma pessoa vai a um restaurante que é considerado o melhor do mundo e diz ao garçom que quer comer a melhor comida que o restaurante tiver. O garçom diz que a melhor comida que havia lá era o cogumelo jupteriano, mas havia uma condição para consumi-lo. O garçom traria o cogumelo na mesa e a pessoa deveria conversar com o cogumelo. Depois da conversa o cogumelo ou ficaria com a cor azul ou ficaria com a cor vermelha.

A cor azul significaria que o cogumelo gostou de ter conversado com a pessoa e com isso ele teria um sabor único, muito bom, e a pessoa poderia se alimentar dele. A cor vermelha significaria que o cogumelo não gostou da pessoa e a pessoa não poderia se alimentar dele, pois o cogumelo ficaria extremamente venenoso, com um veneno muito forte que mataria a pessoa em poucos segundos.

A pessoa então conversou todo o dia com o cogumelo e este acabou ficando da cor azul. A pessoa então chamou o garçom e disse a ele: 'eu não quero mais comer este cogumelo. Nós ficamos amigos'. E o garçom respondeu: 'não tem problema. Desde que este restaurante iniciou as suas atividades nunca ninguém quis comer este cogumelo'.

Esta estória mostra que as pessoas se relacionam entre si e essas relações modificam as suas idéias iniciais sobre elas mesmas.

Então como entender a amizade se não nos relacionamos com os nossos amigos? Por isso sempre devemos estar entre amigos e vivenciar estas relações de amizade.

(texto publicado no livro ‘Projetando...’ do autor Rodrigo Drubi - editora MultiFoco (RJ- Brazil))

As pessoas se relacionam entre si e essas relações modificam as suas idéias iniciais sobre elas mesmas.

Abraços

Rodrigo

Rodrigo é Teólogo, Engenheiro e portador de E.M. (Esclerose Múltipla). Vive em Tapiraí, SP, Brazil. Depois de saber que tinha a E.M. conheceu outros portadores que o ensinaram muito sobre como viver diante de dificuldades físicas. 

Um comentário:

  1. Adorei te conhecer e estarmos juntos na nossa caminhada sábado. Abçs

    ResponderExcluir